Eletrocirurgia

Fotografia: jeremy-perkins-UgNjyPkphtU-unsplash

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) é a única instituição reconhecida oficialmente pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e pela Associação Médica Brasileira (AMB) como representante dos dermatologistas no Brasil. De acordo com a SBD:

“Eletrocauterização, ou simplesmente cauterização, é um procedimento cirúrgico destrutivo.”

“A lesão é carbonizada por eletricidade e calor, sendo que o material pode ser coletado e enviado para análise patológica ou não. A recuperação é rápida. Normalmente o paciente retoma as suas atividades no mesmo dia, e o ferimento cicatriza em até quinze dias. É recomendado não expor a área ao sol por dois meses.”

Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia. Vide: www.sbd.org.br

Menu
×